Nossos Padres

Monsenhor Edvaldo Bezerra - Pároco

monsenhoEdvaldo.jpg

Nasceu na cidade de São Caetano, Estado de Pernambuco, no dia 10 de fevereiro de 1930, tendo sido batizado na Igreja Matriz da cidade onde nasceu. Pertencente à família de religião católica praticante, foi coroinha da Igreja Matriz de São Caetano até ingressar no Seminário.

Prestou exame de admissão para entrada no Seminário de Olinda, através do Colégio Marista do Recife, onde obteve o primeiro lugar. No Seminário de Olinda estudou durante 08 anos, que foram: 06 anos do curso de Humanidades e 02 anos do curso de Filosofia, destacando-se como aluno inteligente, conforme testemunho de um de seus professores ainda vivo. O Exmo. Dom Carlos Gouveia Coelho o enviou para estudar Teologia no Seminário Central de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Após o término do curso, em 02 de dezembro de 1956, voltou ao Estado de origem, onde recebeu o Sacramento da Ordem, ministrado na Diocese de Nazaré da Mata, pelo Exmo. Sr. Bispo Dom João de Souza Lima. E, em seguida, celebrou a 1ª missa na Igreja Matriz de São Caetano, no dia 08 de dezembro de 1956.

Logo depois de ordenado padre, foi nomeado para a cidade de Surubim, exercendo as funções de Vigário Cooperador – Paróquia de São José; Capelão do Colégio Nossa Senhora do Amparo; Capelão do Hospital São Luiz.
Transferido da cidade de Surubim para a sede da Diocese de Nazaré, sendo nomeado diretor do Ginásio Diocesano São José e reitor do Seminário Menor Nossa Senhora de Lourdes.

Cursou Letras neolatinas pela Universidade Católica de Pernambuco. Foi nomeado Cônego da Catedral de Nazaré pelo Exmo. Sr. Bispo, Dom Manuel Lisboa de Oliveira, em 13 de dezembro de 1996. Após dez anos de padre, a pedido do mesmo bispo à Santa Sé, foi nomeado Monsenhor Capelão do Papa em 1981, quando celebrou os 25 anos de sacerdócio.   
Licenciado para ingressar na FAB como Capelão, serviu 14 anos em Recife. Depois, em 1984, foi nomeado chefe do SARA – Serviço de Assistência Religiosa da Aeronáutica, no Rio de Janeiro e depois em Brasília, permanecendo até passar para o RR, como Coronel, em 1995.
Voltando ao Recife, foi recebido pelo Exmo. Sr. Arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, o qual lhe confiou funções de relevo, como sejam:

  • Pároco de Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem;
  • Professor do Seminário de Olinda;
  • Vigário Geral da Arquidiocese de Olinda e Recife;
  • Assistente do Ciclo Católico;
  • Diretor do Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Olinda e Recife;
  • Coordenador do Tribunal Eclesiástico, juiz nomeado por Dom Acácio Rodrigues Alves, então bispo de Palmares.

Padre Fábio Farias - Vigário Paroquial

151027_175496342476520_4135767_n.jpg

Em construção.